Paraíso

por Lucas Gomes

O que é o paraíso? Uma pergunta sem respostas, apenas com suposições. Imagine um lugar branco, nuvens e paz. Isso é a idealização unânime sobre o que é o paraíso, mas alguém já viu o paraíso? Suponho que seja uma tarde ensolarada, aonde o relevo e suas curvas lembram a mais bela das moças, enquanto o sol invade a calçada e o batuque de algum instrumento rústico encanta o povo que ri. O meu paraíso é bairrista, acho a minha grama melhor que a do vizinho. Mas ele não é o único. Iremos ao céus quando morrer como bons cristãos, ou ressurgiremos em outras gerações? Seremos apenas um produto com data de validade indefinida que, com o fim da vida, apenas se decompõe? Nunca saberei responder, o quando souber, será tarde demais. O paraíso pode estar ao seu lado, e pode ser eterno. Talvez nós não saibamos, mais um sábio já disse que o eterno as vezes dura apenas um segundo. Podemos ter o paraíso nas mãos e não perceber, mas podemos estar em paraíso mesmo sem saber do que se trata. É apenas uma interpretação da felicidade.